Reservas

Reservas com segurança

Compreendemos a incerteza que a COVID-19 trouxe para os teus planos de viagem e por isso asseguramos que possas desfrutar das viagens com maior segurança, confiança e tranquilidade.

  • Não se efectuarão as viagens onde esteja a ser imposta uma quarentena aos oriundos de Portugal ou quando as fronteiras estejam encerradas. No caso de ser exigido a realização de testes PCR à entrada dos países de destino ou no regresso a Portugal, esses testes são da responsabilidade dos participantes. O seguro de viagem incluído no pacote de viagem proposto já prevê a recuperação dos valores despendidos em caso de teste positivo nos 30 dias anteriores à viagem.
  • A 65 dias da partida de qualquer viagem será realizada uma avaliação da situação da pandemia, e tomada a decisão de avançar ou cancelar a viagem. Os participantes serão alertados da decisão a tempo de poderem optar por continuar ou cancelar a viagem.
  • Em casos de cancelamento de viagens realizados pelas Rotas Vermelhas por impacto da COVID-19 até 60 dias antes da partida, os viajantes afetados poderão optar entre: transferir a sua inscrição e todos os valores pagos para outra edição da mesma viagem ou outra qualquer viagem com data de partida até ao final de 2022; pelo reembolso de todos valores pagos.
  • Em caso de cancelamento de viagens realizados pelas Rotas Vermelhas por impacto da COVID-19 nos 60 dias anteriores à partida, os viajantes afectados poderão igualmente optar entre transferir a sua inscrição ou ser reembolsados, podendo no entanto existir despesas já efectuadas que não seja possível reembolsar (diferenças cambiais) ou seja apenas possível transferir (algumas viagens).
  • Os viajantes podem ainda alterar a data ou destino da sua viagem até 30 dias antes da partida sem ter que indicar qualquer motivo. Todos os valores entregues ficarão em vale para utilizar noutra viagem, ou serão devolvidos. Nestes casos, excepto a taxa de inscrição.

Como vai ser viajar em 2021?

A saúde e segurança dos participantes e dos nossos guias são uma prioridade. Estamos sempre alertas para modificar os nossos programas em resposta à COVID-19. Cada participante será sempre informad0 da situação no destino a cada momento para que possa tomar as opções de forma mais responsável possível.

A minha viagem poderá sofrer alterações de programa?

Sim. Face ao impacto da COVID-19, as Rotas Vermelhas podem definir alterações necessárias ao programa, com o objectivo de assegurar as condições de segurança e padrões de qualidade expectáveis. Qualquer alteração significativa será comunicada directamente aos viajantes e referida na lista Viagens com Alterações.


A experiência de viagem ficará comprometida?

Não. Em alguns casos, poderão existir alterações ao programa original no que diz respeito, por exemplo, aos alojamentos, transportes, experiências ou itinerário, mas o conceito e espírito da viagem mantêm-se.


Terei de usar máscara durante a viagem?

Em alguns momentos, sim. Existem novas regras para a frequência de espaços fechados e transportes públicos, que obrigam ao uso de máscara. Estas medidas e outras de distanciamento social serão adaptadas à legislação em vigor no país de destino e de acordo com a evolução da pandemia.


O que mudou nas viagens de avião?

As companhias aéreas implementaram procedimentos para assegurar a saúde e segurança dos passageiros em viagem e limitar a propagação da COVID-19. As medidas de distanciamento social e higiene e etiqueta respiratória incluem, entre outras, o uso de máscara nos aeroportos e a bordo dos aviões, controlos de temperatura à entrada dos aeroportos, check-in online, serviços limitados de refeições e bebidas e limitação à bagagem de mão permitida.


O que acontece se algum dos viajantes ficar infetado com a COVID-19 durante a viagem?

Tal como com qualquer outra doença infeciosa que seja manifestada durante a viagem, serão activados os cuidados de saúde locais, de acordo com a política vigente no país, com as recomendações da Organização Mundial de Saúde.



Vem viajar connosco


%d bloggers like this: